Seu browser não suporta JavaScript!

A impressão apreendida em conversas com turistas estrangeiros, durante a Copa do Mundo, se confirmou em dados. Brasília agradou e cativou quem veio à cidade, a ponto de conquistar uma taxa de 96,3% de intenção de retorno. É o que conclui a pesquisa feita pelo Ministério do Turismo em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Os dados mostram que quase a totalidade dos turistas internacionais que estiveram aqui pretendem voltar. É o melhor índice entre as 12 cidades sedes do Mundial. Além da vontade de revisitar a capital, os entrevistados também aprovaram fatores como limpeza pública, gastronomia e segurança.

Foram ouvidas 10.513 pessoas, nas 12 capitais, entre junho e julho, no momento em que elas deixavam o país. Em Brasília, 491 entrevistados expuseram sua avaliação da cidade. A limpeza de vias e espaços públicos foi o grande destaque, além da aprovação do Estádio Nacional Mané Garrincha (veja Quadro). Estes resultados são fruto dos investimentos em infraestrutura e da capacitação de pessoal, de acordo com o diretor do departamento de estudos pesquisa do Ministério do Turismo, José Francisco Salles. "Brasília tem infraestutura e recursos humanos, só precisava de um evento como esse para se mostrar", afirma.

Manter o resultado positivo e os olhos estrangeiros sobre a cidade requer esforços para ampliar a visibilidade da capital lá for a. Uma das formas para conseguir isso é por meio de parceria com os grandes operadores de turismo de lazer nos outros países, segundo o secretário de Turismo do DF, Luis Otávio Neves. "Antes, vendemos Brasília como cidade que seria sede da Copa do Mundo. Agora, como uma cidade moderna, um museu a céu aberto", diz.

Além disso, é preciso investir em bons sites para tornar possível essa divulgação. "Vimos que 70% das definições de viagem se deram por meio da internet", diz o diretor do Mtur, José Francisco Salles. Outro ponto fundamental para manter as conquistas é ampliar as ofertas turísticas, na avaliação do diretor do Centro de Excelência em Turismo da UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA (CET/UNB), Neio Campos. "Não devemos ficar restritos à visitação de monumentos. Brasília tem um equipamento bastante rico, com opções de turismo rural, de aventura. Eles precisam ser mais bem divulgados", defende.

 

 

Fonte: Correio Braziliense

Centro de Excelência em Turismo Campus Universitário Darcy Ribeiro, Brasília - CEP 70904-970 Telefone ( 61)3107 5955
Copyright © 2014 Universidade de Brasília. Todos os direitos reservados.