Seu browser não suporta JavaScript!

Universidade de Brasília

Centro de Excelência em Turismo

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA - Nº 09 de 13 de abril de 2017.

Seleção simplificada de profissional para atuar no Projeto Concepção da Política Nacional de Qualificação em Turismo, a partir das Diretrizes de qualificação e da Pesquisa avaliativa dos arranjos territoriais possibilitadores da qualificação do turismo. (TED 02/2015 - CET/UnB – Mtur)

Perfil: Pesquisador – Políticas Públicas e Qualificação Profissional no turismo.

 

  

Seleção Pública Simplificada de candidatos

O Centro de Excelência em Turismo (CET/UnB) e o Ministério do Turismo (MTur) abrem seleção pública para profissional de Pesquisador Mestre – Observatório de Turismo e Qualificação Profissional do Turismo para atuar no projeto “ Concepção da Política Nacional de Qualificação em Turismo, a partir das Diretrizes de qualificação e da Pesquisa avaliativa dos arranjos territoriais possibilitadores da qualificação do turismo”.

 

  1. OBJETO

 O projeto “Concepção da Política Nacional de Qualificação em Turismo, a partir das Diretrizes de qualificação e da Pesquisa avaliativa dos arranjos territoriais possibilitadores da qualificação do turismo” visa a partir das Diretrizes de qualificação e da Pesquisa avaliativa dos arranjos territoriais possibilitadores da qualificação do turismo nacional, nas 5 (cinco) regiões federativas do país, tendo como recorte os municípios classificados nos clusters A, B e C, da metodologia da categorização[1], contemplados pelo PRONATEC/Turismo e/ou que implementaram projetos de qualificação financiados pelo Ministério do Turismo (MTur), no período de 2004 a 2014 para a construção da Política Nacional de Qualificação em Turismo.

  1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVO

 O Projeto “Concepção da Política Nacional de Qualificação em Turismo, a partir das Diretrizes de qualificação e da Pesquisa avaliativa dos arranjos territoriais possibilitadores da qualificação do turismo” foca a análise da relação dos processos de qualificação no aumento da competitividade (hospitalidade) nos destinos turísticos brasileiros. A concepção de avaliação de processos adotada no estudo proposto contempla o conhecimento específico de uma situação concreta - qualificação em turismo e hospitalidade no território nacional nas 5 (cinco) regiões federativas do país -, tendo como recorte os municípios classificados nos cluster A, B e C, da metodologia da categorização, contemplados pelo PRONATEC/Turismo e/ou que implementaram projetos de qualificação financiados pelo Ministério do Turismo (MTur), no período de 2004 a 2014, com o foco na organização setorial e fortalecimento da governança territorial por meio dos programas do Ministério do Turismo.

Sendo assim, almeja-se construir caminhos autodiagnósticos, valorizando mais a precisão necessária das informações e análises dialógicas e coletivas entre técnicos e partes interessadas, ao invés de resultados, apenas quantitativos estatísticos, muitas vezes frágeis, por serem distantes em aplicabilidade real, os quais acarretam custos elevados e tempos dilatados, razão pela escolha de uma pesquisa aplicada.

Realizar uma pesquisa avaliativa dos arranjos territoriais da qualificação do turismo nacional considerando as especificidades da relação oferta-demanda existente nos principais municípios, a partir dos clusters A, B e C, da metodologia de categorização, contemplando as três tipologias de classificação nas regiões Norte, Nordeste, Sudeste, Centro-Oeste e Sul. A razão da escolha deste recorte espacial é por permitir avaliar os processos de educação/formação profissional ocorridos a partir dos últimos 10 anos[2].

  1. DA VAGA – TERMO DE REFERENCIA

1. Pesquisador – Políticas Públicas e Qualificação Profissional no turismo – Nível Pós-graduação.

1.1. Requisitos:

• Diploma ou declaração, devidamente registrados, de conclusão de curso de nível superior, fornecidos por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) em Turismo e áreas correlatas;

• Diploma ou declaração, devidamente registrados, de conclusão de curso de pós-graduação, fornecidos por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) em Turismo;

• Especialista em Políticas Públicas em Turismo;

• Desejável perfil multidisciplinar, com disponibilidade para desempenhar diversas funções;

• Experiência em monitoria na área de políticas públicas. 

1.2. Possuir disponibilidade de horário parcial (15 horas semanais).

1.3. Atribuições:

• Compor a equipe que irá realizar a análise documental da Triangulação dos dados, do Relatório Analítico da Pesquisa e do Documento Final - documento de referência para a formulação de uma Política Nacional de Qualificação em Turismo aplicação da pesquisa qualitativa para indicação da demanda da qualificação profissional e vocacional, nas principais ocupações das atividades características do turismo, tendo como base territorial a classificação dos municípios pelos clusters A, B, C da metodologia da categorização e responsabilização da equipe local. Nas regiões Sul e Sudeste.

1.4. Duração do contrato: até 04 meses.

1.5. Remuneração total (Bruto): R$ 1.500,00 (hum mil e quinhentos reais) mensal.

1.6. Número de vagas: 1

  1. DAS INSCRIÇÕES

Antes de efetuar a inscrição, o candidato deverá conhecer o edital e certificar-se de que preenche todos os requisitos exigidos. As inscrições deverão ser efetuadas através do envio do currículo, impreterivelmente, até dia 20/04/2017, somente para o endereço eletrônico: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. No campo “assunto” da mensagem, deverá ser escrito “Chamada Pública n° 09/2017 – Perfil: (Pesquisador - Políticas Públicas e Qualificação Profissional no turismo)”. Currículos enviados após o prazo estipulado não serão aceitos. Na data provável de 24/04/2017 será publicada no site do CET/Unb (www.cet.unb.br) a lista com o nome dos candidatos que tiverem sua inscrição efetivada.

  1. DO PROCESSO SELETIVO

5.1. O processo seletivo será realizado por meio de análise curricular.

A observação das datas e o acompanhamento dos resultados de cada fase no site do CET/UnB (www.cet.unb) são de responsabilidade do candidato.

5.2. Do resultado

Em caso de empate na nota final no processo seletivo, terá preferência o candidato que, na seguinte ordem: tiver maior idade; obtiver a maior nota com relação a experiência profissional; persistindo o empate, terá preferência o candidato que tiver enviado sua inscrição primeiro. Na data provável de 24/04/2017 será publicada no site do CET/Unb (www.cet.unb.br) indicando o candidato(a) aprovado(a) para vaga e a data em que de apresentar-se.

  1. DA CONTRATAÇÃO

Para contratação, o candidato aprovado deverá apresentar-se na data e horário indicados, atendendo as seguintes exigências para efetivação:

• Haver sido aprovado pelo referido processo seletivo supracitado.

• Apresentar uma via impressa do currículo e uma cópia dos documentos comprobatórios, acompanhados dos originais para conferência;

• Cópia dos documentos pessoais (identidade, CPF, comprovante de residência, título de eleitor e PIS), acompanhados dos originais para conferência.

  1. DISPOSIÇÕES FINAIS

Informações podem ser obtidas pelo telefone (61) 3107-5955 e/ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Os casos omissos serão resolvidos pela Coordenação do Projeto junto a Direção do Centro de Excelência em Turismo da UnB.


[1] Essa metodologia visa categorizar os municípios brasileiros quanto ao desempenho econômico do setor turístico com o objetivo de orientar as políticas públicas de desenvolvimento do turismo. Os resultados agrupam os municípios brasileiros em 5 diferentes clusters, com representatividade regional, a partir de variáveis de desenvolvimento da economia do turismo. Os municípios classificados nos clusters A, B e C, são os que possuem maior representatividade no setor, ou seja, quantidade de empregos, quantidade de estabelecimentos e estimativa de visitantes.

[2] Esse recorte temporal foi utilizado levando em consideração as ações de qualificação empreendidas nesse período, bem como, a elaboração das Diretrizes Nacionais para Qualificação em Turismo/MTur, 2015.

 

Brasília/DF, 13 de abril de 2017.

Neio Lúcio de Oliveira Campos

Diretor do Centro de Excelência em Turismo

Gestor do TED 02/2015 – CET/UnB e MTur

Universidade de Brasília

Centro de Excelência em Turismo Campus Universitário Darcy Ribeiro, Brasília - CEP 70904-970 Telefone ( 61)3107 5955
Copyright © 2014 Universidade de Brasília. Todos os direitos reservados.