Seu browser não suporta JavaScript!

A convidada para a próxima edição do Ciclo de Palestras - Turismo em Movimento - do Centro de Excelência em Turismo da Universidade de Brasília (CET/UnB) é a professora Maria Henriqueta Gimenes, da Universidade Federal do Paraná (UFPR). O tema será "Gastronomia e Turismo". O encontro acontece no dia 20 de maio, às 19h, com entrada franca. Inscrições aqui. 

 

A especialista adiantou, em rápida conversa, quais os temas que serão tratados no encontro e falou, ainda, sobre a evolução do ramo da Gastronomia do Brasil. A professora Maria Henriqueta é bacharel no curso de Turismo.  É especialista em Planejamento e Gestão do Turismo, Mestre em Sociologia e Doutora em História pela Universidade Federal do Paraná. Desde 1999 trabalha como professora do Curso de Turismo da UFPR. É responsável pela ênfase em Planejamento e Gestão em Alimentos e Bebidas. Foi Coordenadora do Núcleo de Estudos Turísticos da mesma universidade, Chefe do Departamento de Turismo e atualmente é vice-coordenadora do projeto de extensão Observatório do Turismo do Paraná.


1. Qual tema a senhora irá abordar dentro da Gastronomia e do Turismo para palestra?

 

Pretendo falar da importância dos serviços de alimentação para o Turismo, da relevância e características do Turismo Gastronômico e também apresentar alguns exemplos, brasileiros e internacionais de sucesso na área. O uso turístico da gastronomia regional também entrará em pauta, bem como alguns cuidados que esse tipo de utilização exige , a preocupação com a valorização cultural e o cuidado para que não ocorram descaracterizações na transposição desses pratos para a oferta comercial.


2. Qual a importância do Turismo Gastronômico no segmento turístico?

 

Acredito que finalmente o Turismo Gastronômico começa a ser visto e discutido como uma estratégia de desenvolvimento. Estamos caminhando a passos lentos, mas com alguns movimentos - como o caso do próprio registro de saberes-fazeres ligados à alimentação como patrimônio imaterial - têm consolidado a perspectiva de que a alimentação é um fenômeno cultural, e não apenas uma estratégia de saciação de uma necessidade fisiológica. Assim, diversos destinos têm utilizado a gastronomia para complementar sua oferta turística, e isso tem se mostrado particularmente interessante em destinos cujos atrativos naturais não são tão exuberantes. Acredito realmente que a degustação de uma iguaria pode conectar o indivíduo a uma memória, a um grupo, a uma localidade. E o Turismo Gastronômico vem a oferecer isso, uma experiência não apenas gustativa, mas também uma experiência cultural.


3. Como a senhora avalia evolução da Gastronomia e do Turismo no Brasil?

 

Acredito que ainda temos muito a aprender, mas as perspectivas são muito boas. Do ponto de vista do Turismo, alguns estados como Rio Grande do Sul e Bahia já vem divulgando sua oferta gastronômica e fazendo um trabalho interessante há alguns anos. O próprio Programa de Regionalização, na etapa de Roteirização, contribuiu para a articulação de atrativos gastronômicos com outros atrativos em várias localidades. Em várias capitais, a oferta gastronômica de bares, restaurantes e similares têm crescido e se especializado, em grande parte por conta da própria atuação dos consumidores, que têm tido maior acesso a informações e têm se tornado mais críticos, exigindo um aumento na qualidade dos serviços da casa. A própria ABRASEL tem feito um trabalho muito interessante em várias cidades, em prol da profissionalização do segmento.Mesmo diante de crises financeiras o hábito de comer fora de casa já está consolidado para vários brasileiros, e o fato de bares, restaurantes e casas noturnas terem sido incorporados como espaços de lazer e entretenimento só tem fortalecido esse processo. Portanto, acredito que as perspectivas são bem interessantes.

 

O Ciclo de Palestras - Turismo em Movimento - acontece uma vez por mês e sempre reúne profissionais que integram o trade turístico e que estão no mercado e na academia. Os encontros acontecem no Módulo Central da unidade, sempre às 19h, entrada franca.

Centro de Excelência em Turismo Campus Universitário Darcy Ribeiro, Brasília - CEP 70904-970 Telefone ( 61)3107 5955
Copyright © 2014 Universidade de Brasília. Todos os direitos reservados.