Seu browser não suporta JavaScript!

Gastronomia: cortes & recortes - volume 1
Org.: Wilma Maria Coelho Araújo
Carla Márcia Rodrigues Tenser
Editora Senac, 2006, 264 p.

Nesta obra, o leitor terá a opotunidade de compreender o sentido simbólico das práticas alimentares e travar contato com as políticas públicas de acesso à alimentação e com as tendências do mercado gastronômico. A obra também revela como os restaurantes se modificaram através dos tempos e qual a atual posição desse segmento na economia nacional. O leitor terá acesso ainda a técnicas de controle e conservação dos alimentos.


 

Gastronomia: cortes & recortes - volume 2
Org.: Janine Helfst Leicht Collaço

Nancy di Pilla Montebello
Editora Senac, 2008, 176 p.

Para entender a importância da alimentação como patrimônio cultural é preciso antes compreender as implicações da comida como reflexo das condições de vida dos indivíduos em determinado tempo e lugar. Cortes e recortes possibilita esta compreensão por meio da palavra de estudiosos que se debruçam sobre o tema sob diferentes perspectivas.


 

Alquimia dos alimentos
Série alimentos e bebidas - volume 2
Org.: Wilma M. C. Araújo

Nancy di Pilla Montebello
Raquel B. A. Botelho
Luiz Antônio Borgo
Editora Senac, 2007, 557 p.

Este livro mostra como entender e usar a química dos alimentos para um melhor aproveitamento nutricional, bem como para exponenciar a experiência do paladar. É fundamental a quem deseja desenvolver habilidades ligadas às transformações físico-químicas dos alimentos na sua preparação.


 

Carne & Cia
Série alimentos e bebidas – volume 1
Nancy de Pilla Montebello
Wilma Maria Coelho Araújo
Editora Senac, 2006, 324 p.

Comemos carne porque nos acostumamos a comer, e não é por acaso que ela está quase diariamente em nossa mesa. Este livro mostra como as tradições, os usos e os costumes familiares tornaram a carne elemento quase indispensável na alimentação diária e como sua utilização foi mudando ao longo dos tempos. Mas este livro é, sobretudo, rico em informações técnicas, que vão desde as características dos diversos tipos de carne até os procedimentos que devem ser tomados para conservação do produto.


 

Da alimentação à gastronomia
Wilma Maria Coelho Araújo
Raquel Braz Assunção Botelho
Verônica Cortez Ginani
Halina Mayer Chaves Araújo
Renata Puppin Zandonadi
Editora Universidade de Brasília, 2005, 102 p.

Esta obra aborda a comida nas relações humanas e destaca a mesa como lugar de socializar lazeres e trabalhos e de promover convívios. Mostra como a história da cultura alimentar está no moto-contínuo de receber influências e aperfeiçoar processos, como, por exemplo, a adaptação da colonização portuguesa ao Brasil por meio da miscigenação com índios e africanos. O texto também passeia pela diversidade alimentar nas diversas regiões do país.

 



Mercado de trabalho na atividade econômica do turismo no Brasil
Jorge Saba Arbache

Editora Universidade de Brasília, 2001, 116 p.

Fruto de um minucioso trabalho de caráter científico, esta obra é uma importante fonte de pesquisas, contribuindo para integrar a análise e a compreensão do turismo às teorias socioeconômicas.

 

 

 



Cultura do turismo
- Desafios e práticas socioambientais
Org.: Tânia Siqueira Montoro
Editora Thesaurus, 2003, 208 p.

Nesta obra superam-se as análises estritamente econômicas sobre turismo e propõe-se uma reflexão sobre cultura e sustentabilidade. Seu foco é o desenvolvimento de um turismo responsável: sustentável do ponto de vista ambiental, produtivo do ponto de vista econômico e justo do ponto de vista social.



Sustentabilidade ecológica no turismo
Dóris Santos de Faria
Kátia Saraiva Carneiro

Editora Universidade de Brasília, 2001, 96 p.

  A problemática do desenvolvimento sustentável aplicada ao turismo é o mote desta obra, que mostra que, além dos componentes sociais, econômicos e culturais, os aspectos ambientais, especialmente as variáveis ecológicas, devem integrar o setor turístico. A obra também funciona como estímulo ao desenvolvimento de novas pesquisas na área.



Impacto do turismo na economia do Distrito Federal
Org.: Maria de Lourdes Rollember Mollo

José Ângelo Divino
Joaquim Pinto de Andrade
Milene Takasago
Editora Senac, 2010, 190 p.

Oito pesquisadores da UnB são os responsáveis por esta coletânea de estudos, que foi encomendada pela Embratur ao CET/UnB para municiar o planejamento de políticas adequadas ao desenvolvimento sustentável do setor na região. O livro brinda seus leitores com quatro capítulos fartamente ilustrados nos quais são encontrados indicadores e fotos de pontos turísticos de Brasília.


 

História social do turismo
Deis Siqueira
Editora Vieira, 2005, 163 p.

A autora expõe sua experiência diante da emergência histórica do turismo e da hospitalidade, assim como do surgimento da indústria do turismo; e aborda a transformação de seu preconceito, como cientista social, diante desse novo objeto de estudo que, nascido como negócio, foi por tal motivo subestimado por muitos especialistas.



 


 

A economia do turismo no Brasil
Joaquim Pinto de Andrade
José Angelo Divino
Maria de Lourdes R. Mollo
Milene Takasago
Editora Senac, 2008, 222 p.

O turismo é uma atividade econômica ainda pouco conhecida no Brasil, apesar do recente interesse despertado por ela, tanto na academia quanto entre os responsáveis pelas políticas públicas relacionadas ao setor. Neste último caso, destacam-se, por um lado, o interesse em aproveitar melhor economicamente o potencial brasileiro de belezas e recursos naturais e culturais, e por outro, destaca-se o papel econômico-social, que o turismo pode exercer como meio de inclusão social e promotor de desenvolvimento econômico.


Cavalcante - chapadões, águas e cultura cerratense
Cristina Ávila
2012, 68 p.


O guia Cavalcante - Chapadões, águas e cultura cerratense que foi lançado no dia 29 de março de 2012, no auditório do CET/UnB, traz uma pequena mostra de um universo rico em tradições centenárias, encravadas em belíssimos chapadões de um Goiás que conta histórias do Brasil: um mundo de quilombolas e de goianos de naturalidades multiplas que os brasileiros precisam conhecer para conhecerem a si próprios.

Mais do que apresentar maravilhosas cachoeiras e amplidões deslumbrantes desse vasto Planalto Central, o guia pretende revelar essências: essências da natureza e das pessoas, das intenções delas em se voltar para o mundo global sem contranger raízes. O guia relata sobre as tribos do cerrado, o Estado de Goiás, fisionamias do Cerrado, viagens, clima, festas culturais, Turismo Sustentável e o melhor que o cerrado pode oferecer.




Relatório Final do Estudo Diagnóstico
Diagnóstico, Assessoria, Capacitação e Divulgação do Potencial Turístico de Cavalcante com Inserção das Comunidades Quilombolas

Edilberto Sebastião Dias Campos
2012, 156 p.

 

 

Este relatório corresponde ao produto destinado a aferir os trabalhos realizados no Diagnóstico das potencialidades, desafios e dificuldades encontradas para desenvolver o turismo no Sítio Histórico e Patrimônio Cultural Kalunga, no município de Cavalcante (GO). A área diagnóstico abrange as comunidades do Engenho II; Vão de Almas e Vão do Moleque, situadas na região da Chapada dos Veadeiros que é conhecida como Patrimônio Natural Mundial da Unesco e Patrimônio Histórico e Cultural do Brasil.

O levantamentos de dados e informações foi feito por meio de estudos documentais, entrevistas e inventário contendo cerca de cinquenta perguntas que objetiveram identificar a estrutura de negócios e de entretenimento cultural, rual e ecológico existentes nas comunidades de remanecentes de quilombos de Vão do Moleque, Engenho II e Vão de Alma no município de Cavalcante (GO).

No relatório do estudo diagnóstico, além de informações mais gerais para situar essas comunidades no tempo e no espaço, constam também os princípios aspectos oara a observação e a compreensão do potencial turístico do território Kalunga, tais como: vales; fontes de águas termais; rios; praias; corredeiras; cachoeiras; chapadões; cannyons; mirantes; trilhas históricos-culturais e ecológicas; festas populares e religiosas; música; dança; artesanato; agricultura; turismo rural; ecoturismo; turismo de aventura; turismo religioso; turismo de águas; turismo cultural e outros.




 


Centro de Excelência em Turismo Campus Universitário Darcy Ribeiro, Brasília - CEP 70904-970 Telefone ( 61)3107 5955
Copyright © 2014 Universidade de Brasília. Todos os direitos reservados.