Seu browser não suporta JavaScript!

turismo

Brasília, 14.12.12 - Representantes de órgãos públicos e entidades privadas se reuniram hoje para conhecer a segunda fase do Programa de Regionalização do Turismo. A ação foi apresentada por dirigentes do Ministério do Turismo, durante encontro da Câmara Temática de Regionalização, que aconteceu no auditório da Embratur.

O programa tem como objetivo apoiar a gestão, estruturação e promoção do turismo no Brasil. Nesta segunda fase, alguns pontos serão prioritários: o mapeamento das 276 regiões turísticas; o diagnóstico dessas unidades com base nas dimensões de competitividade, no inventário da oferta turística e nos eixos do programa; a categorização das regiões para fins de gestão, entre outros.

“Este momento representa uma nova fase na construção do programa. Colocamos a proposta e vamos agora incorporar as sugestões apresentadas”, disse o diretor do Departamento de Estruturação, Articulação e Ordenamento Turístico (DEAOT), Ítalo Mendes. A previsão é que o lançamento da nova estrutura aconteça em março do próximo ano.

Segundo o secretário Nacional de Políticas do Turismo, Vinícius Lummertz, o turismo tem se tornado cada vez mais um vetor importante na economia e, por isso, é preciso aproximar o programa dos mercadores investidores. “Toda a base da atividade turística é econômica. E a regionalização está recebendo nessa segunda fase essa abordagem mercadológica”, afirmou.

Após a apresentação da proposta, foi aberto espaço para as discussões e encaminhamentos dos parceiros da Câmara Temática de Regionalização.




Fonte: Jornal de Turismo

Centro de Excelência em Turismo Campus Universitário Darcy Ribeiro, Brasília - CEP 70904-970 Telefone ( 61)3107 5955
Copyright © 2014 Universidade de Brasília. Todos os direitos reservados.