Seu browser não suporta JavaScript!

gastos exterior

Brasília, 18.12.12 - O Banco Central informou nesta terça-feira (18) que as despesas de brasileiros no exterior somaram US$ 1,81 bilhão em novembro deste ano. O valor foi recorde para um mês de novembro na série histórica do BC, que tem início em 1947. Em igual período do ano passado, as despesas haviam somado US$ 1,57 bilhão. Frente a outubro, porém, quando somaram mais de US$ 2 bilhões, houve queda.

Os números do BC mostram que, no acumulado de janeiro a novembro, as despesas de brasileiros no exterior somaram US$ 20,24 bilhões, com pequeno aumento de 3,87% frente ao valor registrado em igual período de 2011 (US$ 19,48 bilhões). Com isso, bateram novo recorde para os onze primeiros meses de um ano.

Dólar alto

Os dados da autoridade monetária mostram, portanto, que a alta do dólar, fator que encarece passagens e viagens ao exterior, entre elas com cartão de crédito, não tem impedido os brasileiros de gastarem mais lá fora.

Em novembro do ano passado, ainda segundo números do BC, o dólar oscilou entre R$ 1,75 e R$ 1,81. Nos últimos meses, a cotação da moeda norte-americana já estava mais alta. No começo de maio deste ano, por exemplo, estava em R$ 1,91, passando para R$ 2,03 no início de junho e oscilando próximo a este patamar até o fim de outubro. Em novembro deste ano, voltou a crescer e oscilou entre R$ 2,03 e R$ 2,10.

O aumento dos gastos no exterior, em meio à alta do dólar, está relacionado, segundo economistas, com a continuidade do crescimento do emprego e da renda no Brasil, mesmo com um ritmo menor de crescimento da economia brasileira. Para este ano, a previsão dos economistas dos bancos para o crescimento do PIB está em 1% – abaixo dos 2,7% registrados em 2011 e dos 7,5% de 2010.

Fonte: G1

Centro de Excelência em Turismo Campus Universitário Darcy Ribeiro, Brasília - CEP 70904-970 Telefone ( 61)3107 5955
Copyright © 2014 Universidade de Brasília. Todos os direitos reservados.